Inspirações

Os peluches de sonho destas crianças tornaram-se realidade e apoiaram 99 projetos de ajuda humanitária.

video

Em dezembro de 2014, as lojas do IKEA de mais de 40 países organizaram competições nacionais de desenho, onde as crianças eram convidadas a desenhar o seu boneco de peluche de sonho. Mas a ideia da competição não era só despertar a criatividade da criançada.

Na verdade, o grande objetivo desta campanha era muito melhor do que isso: o IKEA queria tornar os desenhos destas crianças em realidade e, com os lucros obtidos da venda dos novos peluches apoiar milhões de crianças pelo mundo fora.

Mas não podiam ser todos transformados em bonecos reais, por isso um painel de júris reuniu-se e avaliou os milhares de desenhos que receberam. Daí, escolheram 10 desenhos que foram depois prototipados na fábrica da cadeia sueca.

Por cada peluche vendido numa das mais de 200 lojas da marca, 1€ reverte diretamente para a UNICEF e a Save The Children.

A prática de doar 1€ por cada peluche vendido na época de novembro/dezembro já existe na marca desde 2003. Ao fim destes 13 anos, a campanha “Peluches pela educação” já reuniu mais de 77 milhões de euros, que apoiaram mais de 90 projetos, em 46 países diferentes, beneficiando perto de 11 milhões de crianças.