Boa disposição

O dia em que Adele se difarçou e participou num programa de talentos.

video

Para uma figura pública como Adele, não é fácil passar despercebida. Nomeadamente quando a situação em que se insere é um concurso de imitações a ela mesma!

Mas foi esse o desafio que lhe foi proposto. A BBC propôs a Adele que ela se disfarçasse e participasse num programa cujo objetivo é selecionar a cantora que mais se assemelha a ela.

Adele, com a sua característica boa disposição e espírito de aventura, disse que sim e pôs-se nas mãos da equipa de produção, maquilhagem e cabelos, para ser transformada. Graham Norton, o apresentador do programa televisivo “The Graham Norton Show”, foi quem a recebeu para ver o resultado final.

Não pareces nada tu mesma! Eu estava aqui sentado e a sentir-me como se estivesse num encontro às cegas muito estranho. Só pensava «Será que a vou reconhecer?» Os teus olhos estão diferentes!” – diz-lhe o apresentador.

Adele explica: “Eles fizeram os meus olhos mais à gato, tenho um queixo falso, um nariz falso e ela desenhou os meus lábios mais pequenos.”

“Não podes falar assim, obviamente, então como…”

“Não” – diz a cantora – “Vou ser a Jenny. Muito calma e lenta, porque eu falo muito rápido e bruta, mas também o meu trabalho normal é ser ama. Amas falam muito devagarinho, com muita calma, para dar algum sentido ao mundo.”

A cantora dirige-se depois aos bastidores, onde as restantes participantes aguardam pela sua vez de ir ao palco. A conversa entre elas é imediata e todas trocam impressões e palavras de circunstância como se nada fosse. A própria Adele vai fazendo elogios às participantes, sem que ninguém se aperceba de quem ela realmente é. Um pouco antes da sua entrada, Adele finge sentir-se nervosa e incapaz, recebendo de imediato a compreensão das colegas que já fazem estes espetáculos de imitação há 3 e 4 anos.

Ao entrar em palco, Adele continua totalmente imersa na sua personagem e finge esquecer-se do início da canção. As colegas, sentadas na plateia, continuam sem fazer ideia de quem ela realmente é

…Até a cantora começar a cantar. Às primeiras palavras da música, várias participantes se apercebem que só uma pessoa consegue cantar tão bem como Adele: ela própria. Outras, ainda sem acreditar, continuam a dizer que não pode ser ela.

Mas no final da apresentação, já ninguém tem dúvidas de que quem está em palco é verdadeiramente “the one and only” Adele e a emoção toma conta de todas elas!

E você, como se sentiria numa situação destas?