Saúde e bem-estar

Mesmo que estejam a lavar os dentes, agora já pode ter a companhia dos seus amigos enquanto caminha até casa.

video

Quantas vezes não teve já de ir para casa sozinho, mesmo sabendo que poderia ser perigoso? Particularmente para mulheres, mas não limitado a elas, caminhar sozinha pela rua pode ser perigoso ou, no mínimo, alvo de preocupação.

A pensar nisto, um grupo de 5 alunos da Universidade do Michigan criou uma aplicação para o telemóvel (disponível tanto para Android como para iOS) que permite que a pessoa em questão seja acompanhada, virtualmente, pelas pessoas de que mais gosta durante todo o caminho.

A aplicação, com o nome de Companion, permite-lhe pedir a um (ou mais) amigo ou familiar que siga o seu trajecto através de um serviço de GPS. Numa mensagem de texto, os seus amigos recebem um endereço directo para uma página web onde podem ver o seu mapa interactivo, no qual o podem ver a deslocar-se. A precisão é tal que é possível ver se você se desvia do caminho, se é forçado a tomar outro trajecto e até se começa a correr. E o melhor: o seu companheiro de viagem nem tem de ter a aplicação instalada, já que o mapa lhe é disponibilizado numa página à parte.

 

Para que a aplicação funcione da forma correcta, a pessoa que caminha sozinha deve pressionar um botão da aplicação antes de terminarem os 15 segundos dados. Se o botão não for pressionado, a aplicação interpreta esta situação como uma emergência e transforma o telemóvel num sistema de alarme pessoal, ao produzir ruídos fortes para assustar quaisquer atacantes. Além do sistema de alarme pessoal, a aplicação disponibiliza a chamada para a polícia através do toque de um botão. Enquanto isso, a pessoa previamente contactada é imediatamente avisada que você está em perigo, podendo assim chamar ela própria a polícia.

Segundo os criadores da aplicação, desde o lançamento da sua segunda versão já foram detectados mais de 500 incidentes entre os estudantes de vários campus universitários que se sentiam inseguros.