Curiosidades

Lisboa abre o primeiro supermercado biológico e as possibilidades de compra são infinitas.

Quando passa à porta, o Biomercado parece apenas mais um supermercado, com um toque talvez mais gourmet do que o habitual. Nesta loja, onde o preto impera, as paredes estão escritas a giz e a madeira das prateleiras veio de antigas paletes recuperadas, pode encontrar um bocadinho de tudo – desde que o procura seja biológico.

Fotografia de Biomercado

Fotografia de Biomercado

O Biomercado foi aberto há pouquíssimo tempo, pelos irmãos Tiago e Gonçalo Vale, e já está a dar que falar no bairro onde se insere, perto do Saldanha, no coração de Lisboa. Nele pode encontrar todas as secções normais de um supermercado – desde produtos para bebés, cosméticos, produtos frescos (onde se inserem peixes pescados à linha e carne de animais criados ao ar livre) e vinhos de várias marcas, quase todas nacionais. Segundo o próprio Tiago esta “é a maior garrafeira biológica do país.”. Ele lá saberá do que fala, dado que provou cada um dos vinhos que vende na loja.

Fotografia de Biomercado

Fotografia de Biomercado

Cada um dos vinhos e não só, já que antes de abrir as portas, todos os produtos foram submetidos a testes e controlos de qualidade. Isto não significa que não venham a adquirir novos produtos no futuro. Aliás, Tiago recebe diariamente sugestões dos clientes, que vão indicando um ou outro produto que gostariam de ver à venda. Dentro do possível, essas sugestões tornam-se em novas mercadorias, sempre que cumprem com os requerimentos básicos dos irmãos Vale.

Fotografia de Biomercado

Fotografia de Biomercado

Além de uma enorme variedade de produtos, o Biomercado conta ainda com um espaço de restauração, onde os clientes podem apreciar belíssimas sopas (sem batata), massas e saladas feitas no momento, frango assado (do campo, claro está!) para levar, variados pratos do dia e aos fins de semana dois tipos diferentes de brunch.

Fotografia de Biomercado

Fotografia de Biomercado

Em entrevista ao Observador, Tiago explicou que “Neste conceito tínhamos espaço para complementar o supermercado com um restaurante. (…) Como o frango biológico tem de ter no mínimo seis semanas de criação, o nosso meio frango equivale ao frango inteiro normal”.

Fotografia de Biomercado

Fotografia de Biomercado

Nos primeiros tempos de abertura, além de todas estas deliciosas possibilidades, terá ainda a oportunidade de degustar, gratuitamente, alguns dos produtos vendidos.

Fica apenas a questão, será que ao sairmos da loja, vimos carregados de sacos de plástico?