Heróis

Ir ao circo tem agora um significado totalmente diferente, na Holanda.

video

Quando vai ao circo, o que é que gosta mais de ver? Já alguma vez pensou no que tem de ser feito aos animais de circo para que eles aprendam a fazer os truques que vê? Grande parte dos animais de circo são, geralmente, animais selvagens que foram domesticados. Tigres, leões, elefantes, ursos e outros animais de grande porte são muitas vezes utilizados em circos para deleite do público.

Mas em que condições vivem e são treinados? Na maior parte dos casos a resposta é uma só: nas piores que consiga imaginar. Sendo animais selvagens, estes animais têm de ser forçados, em curtos espaços de tempo, a tarefas que não lhes são usuais. Assim, violência física, medo e altos níveis de stress são alguns dos problemas por que estes animais passam durante o seu ciclo de vida no circo.

E por isso, desde a semana passada, a prática de utilização de animais selvagens no circo foi proibida na Holanda. Com efeito imediato, esta medida proíbe o transporte e a enclausura destes animais para fins de entretenimento humano.

Dos mais de 20 circos activos na Holanda, 16 detinham até à data mais de 100 animais selvagens. As espécies que são beneficiadas por esta proibição incluem girafas, elefantes, tigres, leões, zebras, leões marinhos e vários primatas.

A associação holandesa Wilde Dieren de Tent Uit tem vindo a trabalhar para este objectivo e está agora a oferecer ajuda aos circos afectados pela proibição para o realojamento dos animais.

A Holanda não é o primeiro país a instituir esta regra – anteriormente já a Áustria, Grécia, Bélgica, Malta e Costa Rica o tinham feito – e esperemos que não seja o último!

Artigo original em True Activist.