Inspirações

Estes 10 meninos e os seus cães são o melhor exemplo de companheirismo, mesmo em situação de extrema pobreza.

Foi em Janeiro de 2013 que Sam Edmonds conheceu Robindra Shorbod e os seus rapazes. Robindra é um pequeno parque que fica na parte Sudoeste de Dhaka, no Bangladesh, e que serve de casa a 10 meninos órfãos. Tal como muitos meninos de rua espalhados pelo mundo fora, estes rapazes pedem na rua por dinheiro, recolhem contentores de plástico para vender como lixo reciclável e fazem o que podem para comer e sobreviver. Mas o mais espantoso é que toda a comida que conseguem encontrar é partilhada não apenas entre eles, mas também com os 10 cães que eles foram adoptando ao longo do tempo.

Sam conheceu-os enquanto se encontrava em Dhaka para o Festival de Fotografia Chobi Mela e com eles passou uma semana, a aprender as suas rotinas e métodos de sobrevivência. No final dessa semana, Sam usou a sua câmara para aquilo que faz de melhor: tirar fotografias dos rapazes e captar, em imagens estáticas, a essência destes miúdos e da relação que têm com os seus companheiros de quatro patas. Como Sam diz “Em cada um destes retratos, os rapazes de Robindra são indivíduos autónomos. Mas juntos eles tornam-se membros de uma família. Uma família de duas espécies e membros de cada espécie que foram postos de lado numa das maiores cidades do mundo. Estes retratos mostram a força, resiliência e, acima de tudo, a camaradagem entre estes meninos órfãos e os cães que eles adoptaram.”

Fotografia de Sam Edmonds

Fotografia de Sam Edmonds

 

Sumaia_Tiger

Fotografia de Sam Edmonds

 

Rabi_Kalu

Fotografia de Sam Edmonds

 

Shakil_Jax

Fotografia de Sam Edmonds

 

Osman_Tiger

Fotografia de Sam Edmonds

 

Al Amin_Michael

Fotografia de Sam Edmonds

 

Noyon_Bullet

Fotografia de Sam Edmonds

 

Ladin_Michael

Fotografia de Sam Edmonds

Sam não lhes disse para pousarem para a fotografia. Eles simplesmente “entraram na fotografia com o seu companheiro favorito e o obturador começou a disparar. O que estes retratos mostram é a abilidade destes miúdos – tão economicamente privados – brilharem como um exemplo de companheirismo entre estas duas espécies.”

Os lucros obtidos obtidos através da venda destes retratos serão direcionados para o financiamento de um segundo projecto sobre os Rapazes de Robindra e apoiar a Obhoyaronno – a Fundação do Bem-estar Animal do Bangladesh – em 2016.

Para ficar a conhecer mais projectos do fotógrafo, não deixe de visitar a página-web com o seu nome.