Inspirações

Ele criou uma arma que tem o poder de mudar positivamente a humanidade.

Raul Lemesoff é um artista argentino, que vive em Buenos Aires e decidiu lançar pelas ruas da cidade uma arma de instrução massiva.arma de instrucao massiva_4

Raúl manipulou o seu carro, um antigo Ford Falcon, e com ele construiu uma espécie de tanque, que além de ter um canhão pacífico, carrega mais de 900 livros, tanto por fora da carroçaria, como por dentro.

arma de instrucao massiva_6

Nas suas palavras, “A arma de instrução massiva é uma escultura que tem a abilidade de doar livros e aceitar doações de livros no seu caminho. (…) É uma proposta de uma instrução informal. Eu creio que, a meu ver, a educação está em casa e a instrução está na escola. Quando eu entrego um livro a uma criança, o livro ganha um valor. Não lhe foi dado pela mãe nem pela professora que o ameaçou para que o leia se não vai repetir o grau ou o ano… Foi lhe dado por um personagem, que pode ser um pouco ridículo e engraçado. Eu vejo-o como um tesouro, esse livro, não? Acho que é bom o que eu faço.”

arma de instrucao massiva_5

O objetivo de Raúl é fácil de entender: levar o conhecimento e a instrução às áreas menos favorecidas da cidade e possibilitar que qualquer pessoa, seja qual for o seu estatuto ou passado, tenha a oportunidade de aceder a conteúdos e ideias que, de outra forma, estariam limitados às camadas sociais mais elevadas.

arma de instrucao massiva_3

A entrega dos livros é totalmente gratuita, havendo uma única condição para a doação: a promessa de que o presenteado vá realmente ler o livro.

arma de instrucao massiva_7

Raúl diz que inicialmente a arma de instrução massiva assusta as pessoas, pelo ar austero que tem e também porque as pessoas não estão acostumadas a que as coisas lhes sejam entregues sem qualquer “preço”. Mas o artista garante que a única razão para fazer este projeto é o facto de se divertir ao fazê-lo e tirar prazer da ideia de que está a ajudar outras pessoas a terem acesso a um bem que de outra forma lhes seria escasso: a liberdade de conhecimento.

arma de instrucao massiva_2

Os primeiros livros foram-lhe doados por um papeleiro, a quem tinham sido dadas velhas edições de livros que não deveriam ser revendidos. Sabendo que todos estes livros seriam destruídos, Raúl pediu-lhe que lhos doasse e desde então tem-nos entregue pelas ruas de Buenos Aires. Por vezes recebe outras doações, de outras papelarias, ou nos bairros mais abastados, o que lhe permite fazer “uma ação quase de Robin Wood e dar aos mais pobres”, como o próprio diz.

O primeiro destes veículos foi construído pelo artista, no início dos anos 2000, altura em que ainda vivia nos EUA. Em 2003 ele atravessou diversos estados com este veículo, numa mensagem pacífica contra a invasão do Iraque. Em 2004, Raúl voltou a Buenos Aires, onde construiu a segunda versão desta arma, que desde então se tornou um ícone da cidade e um símbolo de interesse cultural. Em 2010, o conceito desta arma de instrução massiva chegou à Europa e o artista foi contactado para construir uma terceira versão do tanque, desta vez para andar pela Holanda a promover o festival “Writers Unlimited”.

Para mais informações sobre o artista ou o seu projeto, não deixe de visitar a sua página oficial.