Curiosidades

Depois de lhe dizerem que ele nunca aprenderia nada, aos 10 anos ele tornou-se o mais jovem estudante de uma universidade.

video

Jacob Barnett é um adolescente americano, de 17 anos, e foi recentemente considerado um prodígio ao completar o programa de Mestrado em Física no Instituto Perimeter em Waterloo, no Ontario (Estados Unidos da América), com apenas 16 anos.

Aos 2 anos, Jacob foi diagnosticado com autismo e, como em tantos casos de autismo, rotulado como um aluno com Necessidades Educativas Especiais. Foi posto em turmas de educação especial durante alguns anos, mas os seus pais rapidamente se aperceberam de que o potencial do filho não estava a ser aproveitado. Ele não aprendia, até que os seus pais decidiram tirá-lo da escola e passaram a fazer ensino domiciliário.

De aí em diante – como o próprio diz – ele parou de aprender e passou a pensar, e consequentemente a criar. Baseando-se nos exemplos de Newton e Einstein, Jacob desafiou teoremas e hipóteses levantadas por outros génios, criou uma nova teoria em Astrofísica e tornou-se num dos alunos mais novos a entrarem na Universidade, com apenas 10 anos.

Para saber mais sobre este jovem génio, confira o vídeo com a conferência TED que o mesmo deu em Nova Iorque.

Para ler o artigo original clique aqui