Heróis

Ao encontrar duas tartarugas marinhas para venda, ele escolheu a única opção correta.

Para ser um herói, não precisa de salvar o mundo inteiro. Um pequeno gesto pode já ser a diferença entre salvar uma vida ou virar as costas e mostrar-se indiferente ao sofrimento de outros.

Fotografia de Arron Culling

Fotografia de Arron Culling

Arron Culling optou pela primeira opção, no passado dia 4 de dezembro. Ao passar pelo mercado local, Arron viu duas tartarugas marinhas à venda e decidiu comprá-las pela módica quantia de 50 dólares.

Mas o mais interessante veio depois: Arron colocou as duas tartarugas na traseira da sua carrinha, conduziu 5 km até à costa da Neo-Zelandesa e libertou-as no mar.

Fotografia de Arron Culling

Fotografia de Arron Culling

Segundo comentários do próprio, na sua página do facebook, estas felizardas não foram as únicas tartarugas que este bom samaritano já salvou: “Estas são provavelmente os números 9/10 que eu e o Mark já comprámos e libertámos.”

turtles_4

Fotografia de Arron Culling

É tão simples fazer o bem, não é?