Heróis, Inspirações

A sua próxima visita ao IKEA pode alargar o número de membros da família.

video

O IKEA, que tem vindo a ser conhecido pelo seu apoio às causas sociais, nomeadamente a projetos que ajudam crianças desfavorecidas, voltou a surpreender ao apoiar a causa animal e promover a adoção de cães abandonados.

Esta iniciativa começou em Singapura, em parceria com a associação Home for Hope, mas nós esperamos sinceramente que se espalhe pelas restantes 338 lojas da cadeia de mobiliário e artigos para a casa!

Para perceber como tudo começou, o melhor mesmo é ver o vídeo, o qual traduzimos livremente aqui:

“Em Singapura há centenas de cães abandonados à espera de adoção.

Para muitos, a espera parece ser eterna.

Em maio de 2014, um projeto coletivo da Salvem os Cães de Rua e da Liga dos Amantes de Animais espera fazer a diferença.

Foram especialmente criados cartazes em tamanho real dos cães.

E introduzidos nas divisões-modelo do IKEA.

Os animais abandonados integraram-se perfeitamente.

Os compradores tornavam-se assim potenciais adotantes ao fazerem o scan da etiqueta com o código QR individual de cada animal.

Onde se encontravam mais detalhes sobre cada animal, os benefícios da adoção e as responsabilidades a ela associadas.

“Temos neste momento cerca de 30000 fãs no facebook, mas muitos deles já têm cães e os que vivem em alojamentos sociais só podem mesmo ter um cão e a maior parte dos nossos cães não são aprovados pelo Conselho de Habitação e Desenvolvimento, por isso o número de pessoas na nossa página do facebook que de facto podem adotar não é nem perto de 30000.”

“O IKEA está muito feliz por lançar esta iniciativa da Home for Hope porque sentimos que é uma forma muito inovadora e única de encorajar famílias a adotar cães abandonados.”

O projeto espera abrir mais corações e mentes à ideia da adoção.

Porque muitas vezes, um amigo peludo é tudo o que precisa para completar a sua casa.

Desde o lançamento deste projeto, outras lojas de mobiliário ofereceram o seu espaço para apoiar esta causa.